Notícia

BioBlitz Noturno juntou mais de duas dezenas no Parque da Cidade

Com as lanternas ligadas, duas dezenas e meia de pessoas, entre fãs da natureza, simples curiosos e muitas crianças, partiram à descoberta dos seres da noite no Parque da Cidade de Guimarães, num BioBlitz Noturno organizado pelo Laboratório da Paisagem, que assinalou o Dia Mundial da Biodiversidade.

Com esta atividade, pretendeu-se divulgar o conhecimento científico sobre a biodiversidade urbana, promovendo o contacto com os investigadores.

Determinados a descobrir a biodiversidade de um espaço único como o Parque da Cidade, os participantes foram rápidos a encontrar e registar muitos exemplares que só são possíveis de se avistar à noite.

De entre as muitas espécies observadas destacaram-se a lagarta da borboleta nocturna (Lasiocampa quercus), cocheiro-do-diabo (Ocypus olens), tatuzinho-comum (Armadillidium vulgare), joaninha-de-duas-pintas (Adalia bipunctata), aranha Nuctenea umbratica, mariposas (Ordem Lepidoptera), pirilampo-grande-de-lunetas (Lamprohiza paulinoi), rã-verde (Pelophylax perezi), tritão-de-ventre-laranja (Triturus buscai) ou a viúva-grande (Steatoda grossa).